domingo, novembro 11, 2007

Diferenças entre Kanguru, Vodafone Connect Box e Banda Larga TMN


Resolvi tirar algumas dúvidas, visto que reparei que as pessoas andam muito mal informadas sobre a internet móvel, aqui vai uma pequena ajuda:

Kanguru

Tarifários Portáteis:

BASIC
Velocidade:até 384kbpsTráfego inc: 1GB/mês Mensalidade: 22.50€

LIGHT
Velocidade:até 640kbpsTráfego inc: 2GB/mês Mensalidade: 29.90€

XPRESS
Velocidade:até 3,6Mbps (ou 7.2Mbps) Tráfego inc: 6GB/mês Mensalidade: 39.90€



Tarifários fixos:

LIGHT
Velocidade:até 640kbps Tráfego inc: 2GB/mês Mensalidade: 22.50€

XPRESS
Velocidade:até 3,6Mbps (ou 7.2Mbps) Tráfego inc: 6GB/mês Mensalidade: 29.90€

PS: Utilização fora de casa = 1€ por dia

Promoções:

O valor da placa é deduzido ao valor de 24 meses de facturação de internet. (Desc de +/- 3€/mês)

Happy hour gratuita durante 1 ano para tarifários superiores a 29.90€.

Possibilidade de experimentação gratuita durante 15 dias, se não gostar devolvemos o dinheiro.

«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

Vodafone Connect Box

Tarifários portáteis:


Mensalidade Tráfego incluído
Banda Larga 384Kbps € 22,50 Download 1GB Upload 200MB
Banda Larga 640Kbps € 29,90 Download 2GB Upload 200MB
Banda Larga3,6Mbps € 39,90 Download 5GB Upload 1GB
Banda Larga7,2Mbps € 44,90 Download 5GB Upload 1GB


Tarifários fixos:

Banda Larga 640Kbps € 22.50 Download 2GB Upload 200MB
Banda Larga3,6Mbps € 29,90 Download 5GB Upload 1GB
Banda Larga7,2Mbps € 34,90 Download 5GB Upload 1GB


PS: Utilização fora de casa = 3€ por dia

Promoções:

O valor da placa é deduzido ao valor de 24 meses de facturação de internet. (Desc de +/- 3€/mês)

Happy hour gratuita durante 1 ano para tarifários superiores a 29.90€ ou fixo light.


«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

Banda Larga TMN

Tarifários Portáteis:

BANDA LARGA LIGHT
Velocidade:até 384kbps Tráfego inc: 1GB/mês Mensalidade: 22.50€

BANDA LARGA
Velocidade:até 640kbps Tráfego inc: 2GB/mês Mensalidade: 29.90€

BANDA LARGA PLUS
Velocidade:até 3,6Mbps Tráfego inc: 6GB/mês Mensalidade: 39.90€

Não existem tarifários fixos para a TMN.

Promoções:

O valor da placa é oferecido em chamadas no seu TMN.

Happy hour gratuita durante 1 ano para tarifários superiores a 29.90€.


«««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««««

Conclusão:

A taxa cobrada por utilização fora de casa é menor no Kanguru.

O kanguru oferece aos clientes a possibilidade de atingir a velocidade de 7.2MBPS pelo mesmo valor do tarifário de 3.6MBPS, enquanto a vodafone criou um tarifário específico para essa velocidade (que neste momento ainda é irreal!!!!!), enquanto que a TMN nem a disponibiliza.

O kanguru não coloca limitações quanto ao uso da internet, enquanto que na vodafone não é permitido o uso do Voip Buster e os uploads são limitados, a TMN está equiparada ao kanguru face a esta situação.

As ofertas do kanguru e vodafone mais recentes são a oferta do valor da placa em desconto mensal em factura durante 24 meses, enquanto que a TMN oferece esse mesmo valor em chamadas no TMN (obrigando o cliente a ser cliente em rede móvel).

O kanguru é o único que tem fase de experimentação e linhas de mensagens e chamadas gratuitas para a confirmação de coberturas na hora pelo cliente.

Qualquer duvida é só perguntar.

terça-feira, outubro 02, 2007

Enquanto dormes, delicio o meu olhar em teu corpo...

Enquanto dormes, sussurro palavras de amor em teus ouvidos...

Enquanto dormes, dou graças por te ter comigo...

Enquanto dormes, acaricio o teu rosto e tenho vontade de te beijar...

Mas o medo é tanto de te acordar, que fecho os olhos e seguro os meus impulsos, porque pelo menos sei que enquanto dormes és meu...



Homem perfeito é aquele que ajuda sem pedir nada em troca...

Homem perfeito é aquele que sofre quando nós sofremos...

Homem perfeito é aquele que nos ama em silêncio...

Homem perfeito é aquele que nos ajuda a viver num mundo melhor...

Homem perfeito é aquele que nos ama na cama sem limites...

Homem perfeito é aquele que nos traz o pequeno-almoço à cama...

Pois é... Onde andam essas perfeições da natureza???

Quem os tem que os segure...

segunda-feira, setembro 24, 2007

Para expressar os meus sentimentos actuais, nada melhor que esta música...

Se quiser fugir, pra qualquer lugar que for
Nem precisa me chamar, tão perto que eu estou
Com esse medo de perder, não te deixa me olhar
Esqueça o que passou, que tudo vai mudar

Agora eu posso ser seu anjo, seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal, você me tem não vai se sentir só
Meu amorSempre que quiser um beijo eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser

Sempre que quiser ir às estrelas me dê a mão
Deixa eu te levar

Eu penso te tocar, te falar coisas comuns
E poder te amar, o amor mais incomum
Não deixo o medo te impedir, de chegar perto de mim
O que aconteceu ontem não vai mais repetir

Me deixa então estar contigo, seus desejos sei de cor
Pro bem e pro mal, você me tem não vai se sentir só
Meu amor
Se quiser

Sempre que quiser um beijo eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser
Sempre que quiser ir às estrelas me dê a mão
Deixa eu te levar

Me deixa ser real e te ajudar a ser feliz
Porque eu sou o seu fogo, tudo o que você quis
Sempre que quiser um beijo eu vou te dar
Sua boca vai ter tanta sede de me tomar
Se quiser

Sempre que quiser ir às estrelas me dê a mão
Deixa eu te levar

quarta-feira, julho 19, 2006

O início de um grande amor

No início, tudo não passava de uma inocente brincadeira, um amigo passou-lhe o meu número de telemóvel e ele divertia-se a dar-me toques seguidos, num Sábado, ao final da tarde. E eu, inocente, julgava ser um colega de trabalho, que por coincidência não parava de mexer no telemóvel. Não pude descobrir nesse dia, quem estava por trás de tanta impaciência.
Amanheceu o dia e por volta das 9h da manhã, já eu chegava ao local de trabalho e pedia gentilmente à menina da Vodafone que me carregasse o telemóvel, passando-lhe 10 € prá mão.
O dia passava depressa e eu sem saber se havia de responder aos toques insistentes do dia anterior… Foi então que o meu colega de trabalho me encheu de coragem; e então enviei-lhe a 1ª mensagem que dizia: “Quem és?”. Não demorei nem 2 minutos a obter resposta :D. Então “ele” (ainda não tinha dito, mas eu já pressentia) me indignou, dizendo que tinha sido um amigo em comum a dar-lhe o meu número, amigo esse que eu nem estava a ver pelo nome (pudera, enganou-me :S). Depois de várias mensagens trocadas, comecei a achar aquele homem super querido, mas estava escaldada… e cada vez que ele me pedia para nos encontrarmos, eu fugia ao assunto e dizia que tinha de trabalhar, ao que ele sempre se espantava dizendo: “F*****, tu num tens folgas?”. Os dias iam passando e eu cada vez mais me sentia bem a falar com ele, contava-lhe tudo e ele a mim (penso eu)… Entendíamo-nos muito bem, mas faltava o principal, conhecermo-nos… ele sabia onde eu trabalhava, mas mesmo assim respeitava-me e nunca lá me apareceu, até que… Disse-me que vinha na próxima sexta-feira lá almoçar, (e já era quinta), mas eu disse-lhe que sim, que não me importava. Naquela manhã, eu estava muito atarefada como sempre e esqueci-me do telemóvel no cacifo.. Estava a trabalhar, sem me recordar de que dia era… Quando olhei para o relógio, marcava a hora de almoço combinada K e comecei a ficar nervosa, só de pensar que ele já lá podia estar. Subi as escadas, num ápice , abri o cacifo numa correria só e apoderei-me do telemóvel, que já tinha a caixa de entrada de mensagens completamente cheia… Quando comecei a ler as mensagens, apercebi-me de que ele, realmente, já estava lá dentro a almoçar, fiquei petrificada, sem saber o que fazer, chamei o meu colega e só lhe dizia: “F******, ele está lá fora!!! Que faço?”. E ele dizia-me “Acalma-te e vai para lá”. A custo, lá fui eu descobrir o homem, que já há uns dias me fazia sonhar de novo… Quando entrei na sala de almoços, os meus olhos procuravam um homem, de calças de ganga e camisola azul, e quando o encontraram, derreteram-se… Ainda hoje admito, é um dos homens mais bonitos que já vi em toda a minha vida… tentei passar despercebida, até porque não era difícil, eu sabia quem ele era, mas ele não sabia quem eu era… ;) Ele tentava descobrir-me e eu com medo não demonstrava quem eu era, até que, quando ele já estava de saída, ao passar junto ao balcão, o meu colega (tramou-me :s) chamou pelo meu nome… Óbvio, ele virou-se e sorriu para mim, aquela imagem nunca vai sair da minha cabeça… Conversamos muito pouco, nada mais do que um simples “oi”, “como estás”… A partir daquele dia, ainda passei a pensar mais nele, a sonhar com ele… as mensagens continuaram, e eu continuei a fugir de me apaixonar… Foi então que… Num belo dia, ia eu a subir as escadas rolantes, rumo ao trabalho, quando me enchi de coragem (e de mais qualquer coisa que ainda hoje num sei) e lhe mandei uma mensagem que dizia: “Hoje queres vir tomar café?”. Aguardei pela resposta, que chegou pouco depois…”Claro, a que horas?”… Lá marcamos o encontro e eu como sempre estava cheia de receios e incertezas, já nem sabia o que me tinha feito mudar de ideias, mas talvez tenha sido a doçura dele… Á hora marcada, lá estava ele à minha espera, sempre pontual :). Aproximei-me, sentei-me e começamos a conversar, mostrei-lhe fotos do meu filho, enfim meti-me numa alhada :\, aos poucos sentia que me estava a apaixonar e, sem dúvida, era o que eu mais temia… Naquele fim de tarde, ele ofereceu-se para me levar a casa, com a desculpa que não mordia :), e eu aceitei a oferta…
Não imaginam como foi difícil para mim, despedir-me dele com um simples beijo na face… Foi simples mas foi terno :). As mensagens continuaram pela noite fora, com provocações de ambas as partes, face àquele beijo… Combinamos encontrar-nos após o jantar do dia seguinte, ele ficou de vir buscar-me a casa, e veio… Quando chegou, peguei no meu filhote e fomos dar uma volta até ao shopping. Passamos a noite a falarmos de nós, a brincarmos com o pequenino e sempre que nos aproximávamos, sentíamos que os nossos lábios pediam por um beijo…
A noite passou e ele foi-me levar a casa. Parados à porta de casa, ficámos imóveis sem saber como nos despedirmos, o pequenote dormia no meu colo… Levantei-me num ápice, aproximei-me dele e dei-lhe um beijo no canto da boca (até hoje num sei como, se foi tanta a vontade que nem reparei ou se ele se virou), fiquei constrangida, dei-lhe novamente um beijo de leve nos lábio e saí do carro…
Este foi o inicio de um amor forte que ainda hoje dura, outro dia conto a continuação… :)

terça-feira, julho 18, 2006


TU

Hoje quero falar de amor.
Quero falar do meu amor,
Quero esquecer de mim e viver só pra ti.
Quero colocar o teu amor como um selo sobre o meu coração.
Das lágrimas que derramei, dos sonhos que não realizei.
Tu... Foste o encontro entre o meu maior desejo
E a minha maior realização.
Vieste até mim tal como um passarinho...
E fizeste o teu ninho no meu coração.
Quero que me vejas em cada sonho teu,
Quero ser o ar que respiras,
Quero ser a tua fantasia e tua realidade,
Quero poder dar-te um mundo de felicidade.
Tu és o meu sonho, o meu sorriso,
O meu ponto de chegada e partida.
Tu és Meu Amor, a Minha Vida.